Chapéu Furado

Zé Mulato e Cassiano

Compositor: Não Disponível

Eu estou disposto a pedir socorro
Se eu não arranjo um amor eu morro
Eu estou disposto a pedir socorro
Se eu não arranjo um amor eu morro

Eu queria ser castigado
Quem disse que amor é cego
Porque vivo campeando o dito cujo e não pego
Quando eu vou pra por a mão escapa e eu escorrego
Eu morro nesse flagelo, mas eu quero ser martelo
Pois já cansei de ser prego

Eu estou disposto a pedir socorro
Se eu não arranjo um amor eu morro
Eu estou disposto a pedir socorro
Se eu não arranjo um amor eu morro

Se eu não arranjo um amor vou parar no beleléu
A falta de companheira tá me deixando pinel
De mulher eu sou capaz até de entrar num mundel
O meu negócio é casar nem que eu tenha
Que furar dois buracos no chápeu

Eu estou disposto a pedir socorro
Se eu não arranjo um amor eu morro
Eu estou disposto a pedir socorro
Se eu não arranjo um amor eu morro

Nem que eu mude a que ele tem eu não vou dizer o nome
Mas é que a arma do clube é a tristeza do homem
Se a gente pensar direito aí a tristeza some
Não me importo com boato
É melhor dividir um prato do que andar passando fome

Eu estou disposto a pedir socorro
Se eu não arranjo um amor eu morro
Eu estou disposto a pedir socorro
Se eu não arranjo um amor eu morro
Sozinho eu tô vivendo uma vida de cachorro

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital